Por dentro da Curadoria com a genrontóloga Lissa Lansky

Conheça os curadores da Virada da Maturidade e a cara de quem faz o evento acontecer

0
259
Lissa Lansky

Especialista em Gestão de Serviços de Saúde e líder do Centro de Convivência no Centro de Referência do Idoso da Zona Norte (CRI Norte), Lissa Lansky participa da Virada da Maturidade desde 2016.

A gerontóloga teve seu primeiro contato com o evento oferecendo atividades e espaço para a programação. No ano seguinte, a convite de Diego Miguel, pesquisador na área do envelhecimento e velhice, parceiro e também curador da Virada da Maturidade, ela passou a integrar a equipe da curadoria.

Além de atividades focadas em inovação, criatividade e outros assuntos de interesse do  público, Lissa destaca a novidade dos Embaixadores da Virada. “Todos os embaixadores convidados são 60+ e com histórias que são a cara da Virada da Maturidade”.

Durante todo o período de preparo e pós da quinta edição, ainda sem data para acontecer, os embaixadores são: Marie Claire Blatt, Ausônia Donato, Carlos Moreno e Silvia Poppovic.
A curadora salienta ainda a importância da Virada da Maturidade.

“É um evento que proporciona o protagonismo dos idosos através das mais diversas atividades, trazendo além da sociabilização e independência, visibilidade às novas demandas da velhice e da pessoa idosa, quebrando estereótipos e possibilitando novas conquistas à essa parcela da população que tanto tem crescido”.

Lissa adianta que o evento recebeu excelentes propostas de atividades, vindas de todas as regiões da cidade. “Atividades artísticas, oficinas de saúde, atividades físicas, atividades de lazer e integração social, atividades tecnológicas – são uma demanda crescente. Cada atividade é uma iniciativa para fazer, para engajar e participar”, destaca.

Mais sobre Lissa Lansky, do CRI Norte, integrante da equipe de Curadoria da Virada.

Gerontóloga formada pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP), com especialização em Gestão em Redes de Atenção à Saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP-FIOCRUZ).

Ela trabalha no Centro de Referência do Idoso da Zona Norte, serviço da Secretaria de Estado da Saúde em parceria com Associação Congregação de Santa Catarina – OSS. É Líder do Centro de Convivência, coordenando as atividades do setor e desenvolvendo ações com foco no envelhecimento ativo, assim como atua diretamente com o Programa de Voluntariado do CRI Norte.

 

Obrigada Lissa!