Presidência dos Estados Unidos será disputada por idosos

O que têm em comum os candidatos à presidência dos Estados Unidos?

0
322
Foto: Joe Biden (Brendan McDermid)
Foto: Joe Biden (Brendan McDermid)

Pelo Partido Democrata, o ex-vice-presidente Joe Biden, de 76 anos, ficou com a vaga disputada com o senador Bernie Sanders, de 78, que desistiu. Além da senadora Elizabeth Warren, de 70, Biden vai enfrentar o republicano Donald Trump que tinha 70 anos quando se elegeu pela primeira vez em 2016 e agora tem 73. Com ideias e projetos bastante diferentes, eles têm uma característica em comum: são idosos.

Segundo reportagem da BBC News, se Sanders for o vencedor nas eleições em novembro, será a pessoa mais velha em um primeiro mandato na Casa Branca. O recorde anterior é do próprio Trump, eleito aos 70 anos.

Será que eles são velhos demais para ocupar um cargo tão importante e têm capacidade física e mental para suportar os desafios de ser um dos homens mais influentes do mundo?

 

A pergunta e o debate em si já guarda um preconceito contra a pessoa idosa

Afinal o que é relevante neste momento para o país e para o mundo são as propostas e posições políticas, correto? A legislação fala apenas de uma idade mínima de 35 anos e o historiador James Chappel, professor da Duke University, na Carolina do Norte, salienta na reportagem “pessoas mais velhas são mais capazes e adaptáveis do que indicam os preconceitos e estereótipos”.

Este é um preconceito que vem não apenas dos mais jovens, mas dos próprios idosos. E os mais interessados nesta polêmica são os adversários dos candidatos.

O importante é que o presidente cumpra bem o papel e contribua com o país e com o mundo.