26

Atividades e conexão vão fazer a diferença na crise do coronavírus

Manter-se ativo e conectado é um dos muitos desafios para as pessoas idosas, principalmente nesse momento quando o isolamento social é a principal medida preventiva contra o avanço do novo coronavírus (Covid-19). Descubra como é possível encontrar alegria mesmo estando em casa e faça uma nova rotina neste período de crise.

A Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo, da qual faz parte a Coordenaria de Políticas Públicas para Pessoa Idosa, listou sete dicas para os 60+ aproveitarem o tempo em casa. Entre elas, momentos de leitura, escutar e/ou cantar músicas, atividades artísticas e manuais e jogos.

E você, qual atividade está na sua lista? Saiba que ver TV também pode ser positivo, noticiário melhor com moderação porque as medidas contra o coronavírus e os números assustam um pouco. Que tal acompanhar programas religiosos de acordo com a sua crença, novelas, e outros programas de entretenimento? Também tem coisas bacanas como séries e documentários em plataformas como Netflix ou Globoplay.

Na internet, além de entretenimento e lazer, tem também conteúdo para manter o corpo em movimento, com exercícios para fazer em casa, e a mente com cursos que trazem novos aprendizados e aperfeiçoam conhecimentos. Você é quem escolhe. Nunca deixe de ser protagonista de sua vida e esteja consciente, se cada um fizer sua parte, essa será uma fase passageira com perdas certamente – mas que pode nos trazer ganhos também.

O envelhecimento, segundo o artigo 8 do Estatuto do Idoso, “é um direito personalíssimo e a sua proteção um direito social, nos termos desta Lei e da legislação vigente”. A garantia de direitos é fundamental e é preciso lutar para que os direitos saiam do papel e sejam efetivos, mas também é preciso fazer nossa parte, especialmente nessa crise do coronavírus. Por isso, #Fiqueemcasa!

E lembrando que ninguém está sozinho, a Coordenadoria de Políticas da Pessoa Idosa disponibilizou telefones para pessoas idosas esclarecerem dúvidas e/ou buscar orientações. Basta ligar para (11) 2833-4300 / (11) 2833-4302. O momento é de fortalecer redes em torno da pessoa idosa. Que precisam, na medida do possível e não de forma presencial, manter contato com familiares, amigos e vizinhos.

*Kátia Brito é jornalista, pós-graduanda em Gerontologia e criadora do blog Nova Maturidade sobre envelhecimento e qualidade de vida.

Gostou? Então compartilhe:

Posts relacionados

Fique Ligado

Inscreva-se
no nosso boletim

©2018 ViradaDaMaturidade.com.br feito com Todos os direitos reservados.