Procedimento japonês pode substituir transplante de coração e salvar mais vidas

Nos próximos três anos, dez pessoas que sofrem de mau funcionamento cardíaco causado por cardiomiopatia isquêmica farão os próximos testes para comprovar eficácia de procedimento desenvolvido no Japão

0
327
Substituir transplante do coração

O final do mês de janeiro teve boas notícias anunciadas no Japão. Uma equipe de cientistas da Universidade de Osaka anunciou o sucesso do primeiro transplante de células musculares cardíacas realizado a partir de células-tronco pluripotente induzidas, também chamadas iPS ou “folhas”.

O procedimento consiste em introduzir “folhas”, desenvolvidas com células-tronco, nas áreas comprometidas do coração. Estas “folhas” devem se tornar células cardíacas e ajudar a regenerar os vasos sanguíneos, melhorando o funcionamento da região cardíaca.

O primeiro paciente que passou pela cirurgia teve uma melhora visível. Segundo o Japan Times, Yoshiki Sawa falou em entrevista coletiva que tem a expectativa de que o método se torne uma tecnologia médica e que salve o maior número de pessoas possível, já que muitas vidas não puderam ser salvas pelos recursos existentes.

Agora é torcer, de coração, para que tudo funcione bem com os dez candidatos.